Familia Almeida na plantação de feijão

O produto novo desta semana é o feijão preto agroecológico da família Almeida. Os seis membros envolvidos na produção e comercialização moram em dois assentamentos de reforma agrária: Nova Estrela, em Vacaria, e Santa Rita de Cássia II, em Nova Santa Rita.

A história desse feijão começou há quase 30 anos quando Belonir de Campos de Almeida (63) e João Almeida (64) foram assentados na terra em que trabalhavam há 80 km da sede do município de Vacaria.

Quem nos conta é a Graciela (41), casada com José Carlos (36), filho do casal. “Meus sogros sempre plantaram de forma agroecológica e sempre reproduziram as próprias sementes”. Por isso, o feijão da família Almeida é crioulo, ou seja, cultivado a partir de sementes tradicionais reproduzidas por décadas pelos agricultores familiares, sem modificações genéticas. O feijão é certificado como orgânico pelo Cetap e a família faz parte da Rede EcoVida.

Plantação em Nova Santa Rita
Plantação em Nova Santa Rita

Graciela explica que a família é defensora da produção agroecológica e trabalha de forma cooperada em todo o processo, do plantio à comercialização. Ao longo dos anos, foram fortalecendo as parcerias e diversificando os investimentos. Assim, após muito trabalho e cooperação entre os vizinhos, a associação comunitária do assentamento de Belonir e João conseguiu financiar uma pequena agroindústria e há mais de 10 anos engarrafam sucos orgânicos de frutas vermelhas como amora, uva e mirtilo. Há dois anos, conseguiram um financiamento do BNDES para ampliar a melhorar a agroindústria e passaram a produzir geleias e polpa das frutas.

Você pode provar o feijão da família Almeida programando a sua compra aqui pelo site da GiraSol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *