A Cooperativa GiraSol é uma iniciativa de economia solidária que tem por objetivo a prática do comércio justo e do consumo sustentável. Sua atividade concreta é constituir, junto a seus associados e colaboradores, uma rede de consumo para aquisição de produtos provenientes da agricultura familiar, pequenos empreendimentos, grupos e organizações de trabalhadoras e trabalhadores, que têm na sua produção o seu meio de vida.

O seu compromisso é priorizar o estímulo às iniciativas produtivas agroecológicas e a implementação de práticas fundadas em relações de colaboração solidária, pela qual consumidores e produtores se beneficiam de modo justo e igualitário da produção de riquezas. O seu propósito é oportunizar o conhecimento da história de cada produto e compreender que por trás da nossa compra existe uma forma de organizar o trabalho que valoriza o ser humano e respeita o meio ambiente.

Fundada em 2006, a Cooperativa GiraSol  funcionou ativamente até agosto de 2011, sendo um dos empreendimentos pioneiros no comércio justo e consumo sustentável no Brasil. Passados alguns anos de inatividade, antigos sócios e fundadores aliados a novos ativistas de diversos movimentos sociais, decidiram retomar a proposta, renová-la e refundar a GiraSol.

Neste novo contexto, nosso propósito é retomar a construção e o fortalecimento de um coletivo que pense o consumo e a produção de forma sustentável e solidária, que entenda a cadeia produtiva de alimentos num território determinado a partir de relações e parcerias cooperativas e, principalmente, busque uma mudança radical nos comportamentos pessoais construídos dentro de uma lógica competitiva, individualista, acumuladora e de consumismo irresponsável.

Organizada solidariamente com os fornecedores, a GiraSol afirma os valores da ética, da solidariedade, da democracia, da autogestão, da construção coletiva, da transparência, da igualdade de direitos entre os gêneros, da valorização do meio ambiente e do compromisso social, estando ao lado de movimentos, organizações e militantes sociais que lutam para construir um mundo mais igualitário,  sustentável e solidário.

Em sua organização interna, a GiraSol garantirá a todas e todos os cooperados o direito à participação democrática nos processos de decisão, de construção coletiva e a franca liberdade de opinião e de expressão. A transparência na gestão e nas relações entre a Cooperativa e seus fornecedores, o debate sobre a origem dos produtos e a formação e composição dos preços praticados são compromissos que serão adotados e incentivados.

Hoje temos novas tecnologias de comunicação e operação de consumo, bem como uma rede de produtores mais organizada. Com isso, ampliaram-se as possibilidades de divulgação e alcance de propostas e iniciativas como essas que a GiraSol apresenta.  O advento e popularização das redes sociais facilitam a constituição de grupos e redes de produtores e consumidores o que favorece ainda mais a organização de um modelo de cooperativa mais abrangente e flexível.

Dentro desta realidade, a GiraSol poderá ousar ainda mais, buscando ampliar e diversificar a oferta de produtos, a gama de cooperados individuais e coletivos, o fortalecimento e estreitamento de  vínculos entre aqueles que produzem  e aqueles que consomem, além da criação de iniciativas de formação voltadas à multiplicação de consumidores e produtores mais conscientes e preocupados em adotar práticas que valorizem a justiça social e a sustentabilidade do planeta.

Neste cenário, a GiraSol nasce mais uma vez baseada em uma outra visão de economia, na qual a organização do trabalho está a serviço do ser humano e da vida e não do capital, que acumula, explora e exclui.

Neste mundo onde o individualismo está acima do bem estar geral, se organizar coletivamente é um ato revolucionário!